Como utilizar os 5 sentidos para vender mais em sua Loja de Conveniência ?

 

loja de conveniencia.jpg

O ser humano compra com a emoção e justifica com a razão.

Cores, sons, aromas e energias provocam estímulos e  sensações muitas vezes imperceptível, mas de grande influência sobre as decisões de compra.

Ao andar ao som de uma música agradável, os compradores que tendem a comprar por impulso, compram ainda mais, os que não têm tendência a comprar por impulso, gastam mais quando sentem um cheirinho bom na loja de conveniência. Imagine um cheiro bom de café constante em sua loja.

 “Humm… que delícia, já deu vontade de tomar um…”

 E você sabia que os consumidores expostos ao aroma de salgados ou cafezinho  enquanto andam na loja aumentam chances de pegar um produto àqueles que não sentiram o cheiro.

Ambiente com design criativo, elegante, aconchegantes e  aromatizados, despertam sentimentos e emoções, imperceptíveis racionalmente e ativam de forma subliminar o desejo de consumo.

Observar comportamento do consumidor, seus desejos de consumo, necessidades, experiências e motivações são fundamentais para criar ambientes onde ele poderá se envolver com a sua loja de conveniência, produzir um profundo engajamento e gerar aumento nas vendas.

Mas de 70% das decisões de COMPRA  são tomadas de forma inconsciente. O ser humano compra com a emoção e justifica com a razão.

Para isso, você pode aumentar o estimulo do consumidor através dos cinco sentidos.

Visão: Uma loja com layout bem projetado com uma estratégica comunicação visual e iluminação influenciam rapidamente as emoções e comportamento do cliente. Aqui os detalhes na decoração podem fazer toda a diferença.

Audição: O cliente compra no ritmo da música.   A dica é músicas mais suaves, pois as pessoas costumam se mover mais lentamente quando uma música calma está tocando na loja. Os clientes demorarão mais tempo para fazer as compras percebendo ao redor todos os itens da loja, gerando mais chances de aumento nas vendas.

Olfato:  Começar a inserir um aroma aos poucos para que a percepção seja sutil. Difusores e saches que espalham aromas são maneiras de se personalizar ambientes. Eles revelam um clima agradável ao ambiente fazendo com que os clientes se sintam mais confortáveis. Aqui, é importante também saber dosar.

Tato: Já pensou pegar um produto ele estar empoeirado na prateleira? Que sensação de descaso ou que o produto está velho na gôndola. Ao tocar em um produto, o cliente percebe os detalhes do produto minuciosamente. Limpeza de produtos, mesas e piso causa a sensação de organização e cuidado. Fique alerta.

Paladar: Escolha os  melhores sabores, são eles se sobressaem e agregam valor ao conjunto, faça uma boa pesquisa ou até mesmo um consultoria para encontrar os melhores processos para os alimentos que vai comercializar sua loja de conveniência.
Processos  garante a qualidade dos salgados e demais produtos na hora de servir.

Não se esqueça!

Ambientes bonitos vendem mais, em todos os sentidos, e se você tem uma loja de conveniência  ou  vai construir uma, começar por uma consultoria e um bom projeto é o diferencial,  são eles que vão lhe orientar a fazer os  investimentos certos  que vão trazer bons resultados ao longo prazo, é um conjunto de fatores.  Faça um bom projeto com uma boa produção.

Sou TatianaToth do GrupoSmarth,

Designer de Lojas de Conveniências.

 

 

Os comentários estão encerrados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑